26 de maio de 2017

Polícia prende quadrilha suspeita de faturar R$1,5 milhão por ano com fraudes bancárias no Ceará

Operação Ostentação resultou na prisão de 4 pessoas em Quixadá (Foto: Divulgação/SSPDS)

Polícia Civil prendeu quatro pessoas envolvidas em um esquema criminoso de estelionato e lavagem de dinheiro no município de Quixadá, interior do Ceará. Segundo investigações da polícia, o grupo movimentava cerca de R$ 1,5 milhão por ano com empréstimos bancários fraudulentos.

As investigações que resultaram na operação chamada 'Ostentação' foram realizadas pelas delegacias de Quixadá, Quixeramobim e Banabuiú. As prisões ocorreram nos bairros Curicaca, Campo Velho e Centro de Quixadá.

Segundo o delegado Marcus Vinicius, o grupo chegava a movimentar cerca de um milhão e meio por ano através de atividades fraudulentas. A polícia não divulgou a quanto tempo o grupo agia.

Dentre os presos, estão um casal apontado como chefe do esquema criminoso e dois homens responsáveis por conseguir pessoas que serviam de 'laranjas' para abrir contas bancárias. Além das prisões, foram apreendidos três veículos, jóias, relógios e talões de cheque.

A Polícia Civil conseguiu ainda o sequestro de uma casa de luxo localizada no Bairro Curicaca. "O grupo aparecia na cidade como empresários bem sucedidos, quando na realidade estavam enriquecendo de forma ilícita. Passamos a investigá-los e estamos desarticulando todo o esquema", afirmou o delegado.

Com informações do G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário