16 de maio de 2017

De volta ao PV e com Magnata, Ceará busca reabilitação na Série B diante do Boa Esporte

Resultado de imagem para Ceará e Boa Esporte, serie b

Com o intuito de se recuperar da derrota na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro, o Ceará volta a campo na noite desta terça-feira, 16, pela competição e encara o Boa Esporte-MG. Para o duelo, o técnico alvinegro Givanildo Oliveira terá dois importantes retornos: Magno Alves e o estádio Presidente Vargas.

Quanto ao primeiro, é indiscutível sua importância para o time do Ceará. Artilheiro, é a referência da equipe e seu retorno faz o time titular ficar um pouco mais parecido com o que faturou o Campeonato Cearense, já que Wallace Pernambucano volta a atuar no meio-campo.

Já em relação ao PV, que volta a receber jogos após seis meses, o próprio Givanildo Oliveira ressalta a importância: “Acho que muda a torcida, porque fica mais em cima e incentiva mais. Tô falando isso porque já passei (jogou contra times cearenses no PV)”.

DEVER DE CASA
Apenas a volta do Magnata e o fato de jogar no Presidente Vargas não garantem, entretanto, um bom resultado. E o comandante do Vovô sabe disso. Para ele, se derrota em domínios adversários não pode ser considerado um resultado tão fácil de aceitar, vencer em casa é obrigação, principalmente para quem mira o acesso.
&nsbp;

Givanildo: "também precisa buscar ponto fora, mas fazendo o dever de casa, como sempre falo, a chance de subir é bem grande"

“Não é só ganhar em casa. Nesta competição também precisa buscar ponto fora, mas fazendo o dever de casa, como sempre falo, a chance de subir é bem grande”, acredita.

O Boa Esporte, porém, está em condição semelhante à do Ceará, com um agravante maior porque começou perdendo em casa. Contra o Ceará, tentará faturar pelo menos o primeiro ponto na Série B.

O time de Varginha terá que superar, porém, alguns problemas, como a falta de peças. O técnico Julinho Camargo ainda não vai poder contar com reforços que, segundo ele, seriam titulares, devido a problemas de condicionamento ou ainda problemas oriundos dos estaduais (regularizações, lesões etc). O goleiro Bruno ainda não conseguiu resolver sua situação judicial e por isso não participa do jogo também.

Os desfalques do Ceará seguem os mesmos. Lelê, com dores no joelho esquerdo, não foi relacionado, assim como Pedro Ken, que aguarda resultado de um exame de imagem pra saber se o desconforto muscular na coxa é algo mais sério.

No histórico de jogos entre as duas equipes, um equilíbrio. Em oito jogos, são duas vitórias para cada lado e quatro empates. Como mandante, no entanto, o Ceará nunca perdeu. Em território cearense, são três empates e uma vitória do Vovô. 

SÉRIE B 2017
CEARÁ
Everson, Tiago Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio, Romário; Raul, Richardson, Wallace Pernambucano; Roberto, Magno Alves, Alex Amado.
TÉCNICO: GIVANILDO OLIVEIRA

BOA ESPORTE
Luan Polli, Josué, Igor Brondani, Douglas Assis, Paulinho; Leo Baiano, Eduardinho, Léo Bartholo, Felipe Mateus; Wesley, Rodolfo
TÉCNICO: JULINHO CAMARGO

Local: Presidente Vargas, Fortaleza-CE
Data: 16/5/2016
Horário: 21h30min
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino (GO)
Assistentes: Márcio Soares Maciel (GO) e Edson Antonio de Sousa (GO)
Ingressos: R$ 40 (arquibancada); R$ 120 (cadeiras sociais)

Por Brenno Rebouças
Com informações do Jornal O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário