23 de abril de 2017

Ídolo da Jovem Guarda, cantor Jerry Adriani morre aos 70 anos

Resultado de imagem para Jerry Adriani
O cantor Jerry Adriani, ídolo da Jovem Guarda, morreu na tarde deste domingo (23) aos 70 anos. Ele lutava contra um câncer e estava internado no hospital Vitória, na Barra da Tijuca (zona oeste do Rio de Janeiro), desde o início de abril em decorrência de uma trombose na perna direita.
Ainda não há informações sobre o horário e o local do velório de Adriani. Segundo o site oficial do cantor, ele tinha 11 shows agendados até dezembro. O próximo seria na sexta (28) em em evento fechado em Campinas.
Na segunda (10), a família do cantor divulgou um comunicado pedindo apoio dos fãs. "Independentemente de seus credos, solicitem força e pronto restabelecimento ao querido amigo e cantor", escreveram.
O cantor foi internado pela primeira vez em março para tratar da trombose. Duas semanas após receber alta, teve de voltar por conta do câncer, que acabara de ser descoberto.
BIOGRAFIA
Jair nasceu em 29 de janeiro de 1947 em São Paulo. Iniciou a carreira de cantor em 1964, com o LP "Italianíssimo". Ficou mais conhecido em 1965, quando lançou "Um Grande Amor".
Na década de 1960, foi apresentador dos programas "Excelsior a Go Go", da TV Excelsior, e "A Grande Parada", da TV Tupi. Neste último, apresentava grandes nomes da MPB do momento. Atuou ainda na novela "74.5: Uma Onda no Ar", da TV Manchete.
No cinema, participou dos filmes "Essa Gatinha é Minha" (1966), "Jerry, a Grande Parada" (1967) e "Em Busca do Tesouro" (1967).

 Com informações do Jornal Correio do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário