2 de fevereiro de 2017

Salários dos servidores do CE terão revisão em duas faixas, 2% e 6,29%


Primeiro compromisso da agenda oficial do governador Camilo Santana desta quinta-feira foi na Assembleia Legislativa (Foto: Viviane Sobral/G1)
O governador Camilo Santana afirmou na manhã desta quinta-feira (2) que o Estado vai propor aumento em duas faixas para os servidores do Ceará em 2017. “O secretário ainda vai anunciar. O governo vai propor em duas faixas, para quem tem a remuneração mínima será o percentual da inflação, 6,29%, e os demais, em torno de 2%, dentro das limitações que a Lei de Responsabilidade Fiscal me permite, dentro de todas as previsões que temos para este ano”, disse Camilo. A expectativa é começar o pagamento retroativo assim que a Assembleia aprovar a mensagem com o reajuste, que deve chegar à Casa ainda nesta desta quinta-feira.
O secretário da Fazenda, Mauro Filho, ressaltou que podem haver negociações isoladas com categorias específicas. "Isso não impede que determinadas categorias tenham reestruturações salariais nas suas carreiras. Como a Polícia Militar, que vai ter a média do Nordeste, que gera um impacto financeiro muito grande. E tem outras categorias que continuam em negociação com o estado e estão tendo essa reestruturação. Como, por exemplo, a Perícia Forense. Recentemente o Sindsaúde teve uma gratificação reajustada também pra poder fazer compensação. O pessoal da área da educação também é uma outra área que sempre que se disciplina pisos sempre se invoca novas conversações", disse o secretário.
Aumento para a polícia

Durante discurso na Casa, o governador comentou sobre a proposta de equiparação do salário da Polícia Militar à média do Nordeste. “Apresentei essa proposta e vamos fazer um grande sacrifício porque é uma repercussão grande nas com públicas do estado. Farei isso em três vezes até o final de 2018, mas é o reconhecimento da defasagem porque antigamente o coronel ganhava quase a mesma coisa que um policial civil, um delegado. Hoje é metade", disse. Não é ainda o nível que nosso profissional de segurança merece mas é a média. Nós formamos uma comissão com todos os estados, com dados oficiais, de 2015, e eu atualizei para 2016. E teremos aumento de quase 50% para um coronel. 50%, 30%, 20% em média. O menor é do soldado porque já ganha a média do Nordeste”, acrescentou.

Mesa diretora

A Assembleia Legislativa do Ceará deu início às atividades legislativas de 2017 nesta quarta-feira (1º) com a posse da nova mesa diretora, que tem que o deputado Zezinho Albuquerque como presidente. A mesa foi eleita em dezembro de 2016 para o biênio 2017-2018.


Também compõem a mesa os deputados Tin Gomes (PHS) na 1ª Vice-Presidência; Manoel Duca na 2ª Vice-Presidência; Audic Mota (PMDB) na 1ª Secretária; João Jaime (DEM) na 2ª secretaria; Julinho (PDT) na 3ª Secretária; e Augusta Brito (PCdoB) na 4ª Secretária. Os deputados Robério Monteiro (PDT), Ferreira Aragão (PDT) e Bruno Pedrosa (PP) serão os 1º, 2º e 3º suplentes, respectivamente.

Com informações do G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário