24 de novembro de 2016

Noite histórica! Chapecoense-SC empata e está na final da Copa Sul-Americana

Está na final. Na noite desta quarta-feira, dia 23 de novembro de 2016, a Chapecoense marcou história com a classificação inédita para a Copa Sul-Americana, no segundo ano em que participa da disputa. Diante de 17.569 pessoas na Arena Condá, o Verdão do Oeste fez bonito. Soube segurar a pressão dos argentinos - com direito a defesa incrível de Danilo no último minuto - e garantiu a classificação com o placar de 0 a 0. No duelo de ida, na Argentina, os dois times haviam empatado em 1 a 1. O clube verde e branco aproveitou a vantagem e agora tenta o primeiro título internacional. 


Na final da competição internacional, a Chapecoense vai encarar o vencedor do duelo entre Atlético Nacional e Cerro Porteño, que se enfrentam nesta quinta-feira, às 22h45 (horário de Brasília). No duelo de ida, os dois times empataram em 1 a 1. Pelo Campeonato Brasileiro, o Verdão encara o Palmeiras neste domingo, fora de casa, às 17h, pela penúltima rodada da disputa nacional. 
Chapecoense comemoração contra San Lorenzo (Foto: Márcio Cunha/EFE)Chapecoense e San Lorenzo fizeram duelo muito equilibrado (Foto: Márcio Cunha/EFE)

O jogo
Foi um primeiro tempo bem equilibrado, com maior posse de bola para o time argentino. Precisando do gol, o San Lorenzo tomou a iniciativa, mas parou na forte marcação da Chapecoense. Nos primeiros minutos, El Ciclón foi para o ataque, mas com pouca criatividade. Aos 19, Mas bateu cruzado depois de avançar pela esquerda. Danilo fez boa defesa. 


Aos poucos, o Verdão do Oeste equilibrou o duelo, melhorou e teve momentos de superioridade. Em uma cruzada na área, Thiego até balançou as redes. Só que o árbitro marcou impedimento. Depois, na parte final, o volante Gil deu belo corte no marcador e finalizou para fora. 
Para o segundo tempo, o San Lorenzo mudou. Diego Aguirre colocou o atacante Bladi no lugar de Corujo. A equipe do Papa voltou com maior ímpeto. E assustou. Blandi entrou e arrisca do meio da rua. Danilo, adiantado, se esticou para evitar o gol. Depois, o time argentino mandou na trave. Após cruzamento em diagonal, foi feito desvio de cabeça no meio do caminho, e a bola parou na trave. 


Então Caio Júnior fez a primeira alteração na sua equipe. Sacou Tiaguinho e mandou Lucas Gomes para o jogo. O camisa 23 deu qualidade para as saídas do Verdão. Em um dos lances, recebeu passe no lado direito da área e bateu cruzado com força. Torrico fez milagre. Em seguida, Josimar finalizou de frente para o gol, mas a bola explodiu na defesa. No último minuto do jogo, Danilo ainda fez uma defesa incrível para garantir a inédita vaga.

Por Chapecó, SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário