23 de novembro de 2016

Chapecoense recebe San Lorenzo por vaga inédita na final da Sul-Americana

Chapecoense está a um jogo de participar de sua primeira final de um torneio internacional. Nesta quarta-feira, a equipe recebe a visita dos argentinos do San Lorenzo, na Arena Condá, às 21h45 (de Brasília). No primeiro duelo, na Argentina, empate por 1 a 1, com gol do atacante Kempes.
A Chape chega embalada para o confronto. Depois de empatar em 1 a 1 na Argentina, o clube voltou a focar no Campeonato Brasileiro, e conseguiu três vitórias seguidas. Primeiro, 1 a 0 no clássico estadual com o Figueirense, na sequência, 2 a 0 fora de casa contra o Botafogo, e, no último final de semana, vitória por 2 a 0, em casa, contra o São Paulo.
Nas três vitórias seguidas pelo Brasileirão, o Verdão do Oeste não sofreu nenhum gol. Caso a defesa volte a brilhar na partida contra o San Lorenzo, a Chape garante vaga na inédita final. O placar de 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis. Enquanto o time que vencer estará classificado à grande decisão.
A Chape venceu o Junior Barranquilla nas quartas de final (Foto: Divulgação/Chapecoense)
A Chape venceu o Junior Barranquilla nas quartas de final (Foto: Divulgação/Chapecoense)
“Eles foram eliminados na Copa da Argentina, é o jogo da vida deles. Eles valorizam muito a Sul-Americana, assim como a gente. Há a possibilidade dos pênaltis também, não vai ser fácil. E se for para os pênaltis, vamos estar preparados”, garantiu o goleiro Danilo, um dos principais responsáveis pela classificação da Chape à semifinal.
Autor do gol de empate no duelo na Argentina, o atacante Kempes foi confirmado pelo técnico Caio Junior como titular na partida desta quarta-feira. Mesmo sem revelar a equipe titular, o treinador não deve promover muitas alterações em relação ao time que venceu o São Paulo no último final de semana.
Um dos destaques da Chape, e acertado com o Palmeiras, o jovem meia Hyoran se recupera de lesão e não deverá estar entre os relacionados de Caio Junior para o duelo. Gil e Ananias, que, no último jogo, entraram nos lugares de Cleber Santana e Tiaguinho, respectivamente, também podem pintar entre os11 titulares.
Já a equipe argentina joga o semestre na partida contra a Chapecoense. Depois de sofrer o gol de Kempes no primeiro duelo, o San Lorenzo agora precisa repetir o feito da Chape e marcar gols na casa do adversário.
“Temos que sair para buscar o resultado, não podemos pensar que somos favoritos, temos que demonstrar. Chegamos com 50% de possibilidade. Eles fizeram um gol como visitantes, agora temos que fazer também”, afirmou o volante Sebastián Blanco, em entrevista à TyC Sports.
Conhecido dos brasileiros, o técnico Diego Aguirre, comandante do San Lorenzo, terá desfalques importantes para a decisão desta quarta. Expulso contra o Palestino e suspenso por dois jogos, o meia Fernando Belluschi não entra em campo, assim como o atacante Gonzalo Bergessio, com lesão no joelho direito. Um dos destaques da equipe, o atacante Nicolas Blandi retorna de lesão e é dúvida.
“A pressão é maior para nós. Somos uma equipe grande, temos a obrigação de sair para buscar a vitória. A Chapecoense tem tido um bom ano, mas por história e tradição nós temos a obrigação”, avaliou o treinador.
FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE X SAN LORENZO

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Data: 23 de novembro de 2016, quarta-feira
Árbitro: Daniel Fedorczuk
Assistentes: Não definidos

CHAPECOENSE: Danilo; Mateus Caramelo, Thiego, Neto e Dener Assunção; Josimar, Matheus Biteco (Gil), Cleber Santana; Tiaguinho (Ananias), Lucas Gomes e Kempres
Técnico: Caio Jr

SAN LORENZO: Navarro; Corujo, Diaz Huincales, Senesi e Mas; Mercier; Merlini (Salazar), Montoya, Avila e De Ciancio; Conechny
Técnico: Diego Aguirre

Gazeta Esportiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário