24 de novembro de 2016

Atlético Mineiro bate o martelo sobre quem será o técnico até o fim do ano

O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, explicou o motivo para a saída do técnico Marcelo Oliveira em meio às finais da Copa do Brasil. O dirigente preferiu chamar a responsabilidade de conquistar a competição e dividi-la com os jogadores, já que, logo após a derrota por 3 a 1 para o Grêmio, decidiu que o ex-treinador não continuaria no comando da equipe para a próxima temporada.
Não joguei a toalha. Eu trouxe a toalha. A toalha é minha. Agora é comigo. Não tem uma terceira via. É comigo e com os jogadores. Montei a equipe para ganhar esse título e acredito nela
Daniel Nepomuceno
- Não joguei a toalha. Eu trouxe a toalha. A toalha é minha. Agora é comigo. Não tem uma terceira via. É comigo e com os jogadores. Montei a equipe para ganhar esse título e acredito nela. Ontem, após o jogo, foi decidido que o Marcelo não seria o treinador ano que vem. Conversei com o Marcelo e disse que seria sincero. Era evidente o questionamento. E disse que não queria que ele ficasse sabendo pela imprensa. A responsabilidade pelo título da Copa do Brasil é somente minha e dos jogadores.  A gente já conhece o Diogo (Giacomini, técnico do Sub-20) e temos certeza que ele fará um bom trabalho.
Nepomuceno descartou que o futuro novo treinador do Atlético-MG seja estrangeiro e que ainda não abriu negociações com nenhum nome. 
- No momento em que a gente decidiu que ele não vai ficar é que começou a negociação. O meu telefone não parou de tocar falando nomes e mais nomes. Isso é normal dos empresários. Eu confio no Diogo. Já mostrou isso ano passado. Ele tem essa liberdade de fazer qualquer mudança e levar um time equilibrado para a final da Copa do Brasil.
Daniel Nepomuceno confirmou Diogo Giacomini como treinador do Galo até o fim do ano (Foto: Reprodução/ TV Globo Minas)Daniel Nepomuceno confirmou Diogo Giacomini como treinador do Galo até o fim do ano (Foto: Reprodução/ TV Globo Minas)
Sobre o perfil do novo treinador, Daniel não quis dar pistas sobre quem poderá assumir o time alvinegro.
- É muito difícil falar de perfil porque você não tem muitas opções. Qualquer perfil que eu falar, vocês em 30 segundos vão tuitar. Então, não vou falar nada.
Interino
Daniel confirmou o técnico dos juniores, Diogo Giacomini, como comandante do time profissional até o final do ano. O dirigente também destacou que pretende colocar Diogo como auxiliar técnico fixo em 2017 e deixou no ar que ele pode até ser o treinador, caso vá bem na final contra o Grêmio.
- O planejamento está sendo feito. O treinador conhece a categoria de base, já treinou os jogadores. Acho que falta um auxiliar técnico permanente no clube. Essa conversa que tive com o Diogo. Ele não esperava. Ninguém esperava. Isso me dá duas a três semanas para avaliar o mercado para não haver erros e fazer um contrato de, no mínimo de dois anos. Essa equipe é do Diogo. Dar espaço para ele trabalhar. Com a equipe que ele treinou ano passado e com os novos contratados, se fizer um grande trabalho, quem sabe ele não convence a todos que é grande treinador.
Atlético-MG; Lucas Cândido; Diogo Giacomini (Foto: Bruno Cantini)Diogo Giacomini será o técnico interino do Galo até o fim da temporada (Foto: Bruno Cantini)

Por Globoesporte.com
Belo Horizonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário