29 de outubro de 2016

Bahia derrota o Ceará de virada e cola no G-4 da Série B

A tarde era para ser de homenagem a Evaristo de Macedo. O Mestre Evaristo, comandante do bicampeonato brasileiro do Bahia, esteve no gramado da Fonte Nova, recebeu os seus ex-comandados e foi ovacionado pela torcida. Não tanto quanto Régis. Enquanto o ex-treinador foi a campo antes de a bola rolar, o meia precisou aguardar 61 minutos para estar nas quatro linhas. Um tempo de espera grande e proporcional ao que ele fez para o Bahia virar o jogo, vencer o Ceará por 3 a 1 – gols de Edigar Junio, Régis e Diego Felipe contra, Lelê abriu o placar – e colar novamente no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro.
Régis viu, do banco de reservas, o Ceará abrir o placar no primeiro tempo e deixar o Bahia com a sensação de desespero na luta pelo acesso. Mas entrou em campo e comandou o triunfo que levou o time baiano à quinta colocação, com 53 pontos conquistados. O Vozão permanece com 47 pontos e cai uma posição: é o nono colocado da tabela.
Bahia x Ceará; Arena Fonte Nova; Renato Cajá (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)Na Arena Fonte Nova, Bahia bate Ceará de virada (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

O próximo compromisso do Bahia será na sexta-feira que vem. Na luta pelas quatro primeiras colocações, o Tricolor vai ao Serra Dourada para enfrentar o Vila Nova, às 21h30 (de Brasília). O Ceará joga novamente no sábado, no Castelão, às 17h, contra o Tupi-MG.
Por 
Salvador

Nenhum comentário:

Postar um comentário