14 de abril de 2016

"Prata da casa" e foco no psicológico: Guarasol quer surpreender Fortaleza

No início da temporada, o Guarany de Sobral estipulou metas para a campanha no Cearense. Chegar às semifinais era uma. Conquistar uma vaga na Série D, outra. Às vésperas do primeiro duelo contra o Fortaleza, válido pelas semifinais do estadual, o primeiro objetivo foi alcançado. O segundo tem sido trabalhado, aos poucos, com o elenco do Cacique do Vale. Com mais de 90% dos atletas oriundos da região sobralense, a diretoria acredita no potencial dos jogadores, mas lembra da importância do fator psicológico.
Guarany de Sobral, treino (Foto: Caio Ricard/TV Verdes Mares)Guarany de Sobral treina para duelo contra o Fortaleza pela semifinal do Cearense (Foto: Caio Ricard/TV Verdes Mares)

O treinador Júnior Cearense, à frente do comando técnico do Guarasol há mais de um ano, garante trabalhar diariamente com o psicológico dos jogadores. O comandante do Cacique lembra que o Fortaleza não é invencível.

- Sei da qualidade de cada um. Perdemos para o Fortaleza quatro vezes no ano. Quase todas as vezes por detalhes. Tento trabalhar a cabeça dos jogadores. Em vários momentos do jogo nós fomos melhores que o Fortaleza, mas não conseguimos fazer o gol. Fora que tomamos gols em detalhes, seja em uma marcação errada que a gente faz ou em outro deslize. O Fortaleza não é imbatível. E é justamente isso que tento conscientizar meus atletas - afirmou.

Guarany de Sobral, treino, Junco, Júnior Cearense, técnico, Teco (Foto: Juscelino Filho)Júnior Cearense é técnico do Guarasol há mais de um ano (Foto: Juscelino Filho)
O favoritismo está do lado do Fortaleza. Isso o Guarany de Sobral aceita tranquilo. E acha até bom. Com os holofotes todos apontando para o Leão do Pici, que mal haveria numa surpresa nas semifinais do estadual?

- A gente sabe das nossas limitações. Não se pode comparar em estrutura, por exemplo. Um jogador do Fortaleza, se duvidar, paga a folha salarial do Guarany. A gente respeita, sabe que a equipe adversária é grande. Mas a gente acredita que tem plenas condições de fazer bonito - pontuou o gerente de futebol do Guarasol, Helton Borba.

O planejamento de chegar às semifinais do Campeonato Cearense vem sendo construído desde o ano passado, como observa o gerente de futebol. O dirigente explica que, com a folha salarial apertada, o Guarany de Sobral montou um time bom e barato apostando nos talentos locais.
- O nosso planejamento é de longo prazo. Vem desde a gestão passada. Queremos acabar com as mesmices do campeonato. Apostamos nos meninos da casa e os resultados vocês estão vendo. Chegamos nas semifinais. Acho que do nosso elenco, apenas o André Zuba e o Breno não são da região. Mesclamos jogadores experientes com jovens de potencial. E tem dado certo até agora - explicou.

Coritiba Guarany Sobral (Foto: Coritiba/Divulgação)Coritiba venceu Guarany de Sobral na Copa do Brasil (Foto: Coritiba/Divulgação)
Com o duelo contra o Fortaleza previsto para o sábado, o Guarany de Sobral chega com força, mesmo após a eliminação para o Coritiba na copa do Brasil.

- Contra o Coritiba foi um jogo corrido, bastante decisivo. A gente sabia que o Coxa era forte, assim como é o Fortaleza. Vamos recuperar o elenco para dar tudo no jogo de sábado - pontuou o treinador.

O ponto de vista é compartilhado pelo dirigente do Cacique do Vale.

- Chegamos para o jogo de sábado com muita força, muita garra, muita fé. Acho que a fé é o que nos conduz à vitória. Acreditamos muito nisso. Que a gente pode fazer um bom papel - concluiu o dirigente.

A bola rola para Guarany de Sobral e Fortaleza, no estádio do Junco, neste sábado (16), a partir das 16h20.

Por Fortaleza, CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário