7 de março de 2016

Magnata decide de novo, Flu elimina América e avança à segunda fase

Fluminense america (Foto: Raffa Tamburini / America Rio)Flu venceu apertado o America (Foto: Raffa Tamburini / America Rio)
Em Xerém, distrito de Duque de Caxias onde as joias tricolores são formadas, os mais experientes que deram o recado, e o Fluminense venceu por 1 a 0 o America, confirmando vaga na Taça Guanabara, segunda fase do Carioca 2016. O gol do jogo nasceu em longo lançamento de Diego Souza, de 30 anos, para Magno Alves, de 40. Magnata marcou com um chutaço, e a bola ganhou velocidade de 115 km/h. Os rubros lutaram muito, enfrentaram o Flu de igual para igual, mas acabaram eliminados.
O Fluminense volta a campo na quinta-feira, às 21h30, contra o Criciúma, pela Primeira Liga. No fim de semana, estreia na Taça Guanabara em clássico contra o Botafogo. O America faz seu primeiro jogo na Taça Rio - disputada pelos últimos oito da primeira fase - contra a Cabofriense. As datas de ambas as partidas ainda estão indefinidas. O público foi de 2215 pagantes e 2609 presentes. A renda registrou R$ 53.180,00. 

O primeiro tempo foi animadíssimo, com 20 finalizações (11 do Flu e nove do America). O Tricolor teve sutil superioridade, mas a verdade é que os dois goleiros foram obrigados a defesaças. Cavalieri impediu gol após bomba de Sosa, o destaque rubro. Felipe voou para pegar cabeçada à queima-roupa de Diego Souza, que no mesma jogada já havia testado no travessão. Equilíbrio também em posse de bola (51% para o Flu) e cartões (3 a 2 para o Tricolor).
O America voltou melhor para a etapa final e, com menos de 10 minutos, já havia finalizado três vezes. Numa delas, PH soltou uma bomba, e Cavalieri tocou providencialmente na bola, que estourou na trave direita. Mas o talento tricolor prevaleceu aos 19 minutos: Diego Souza fez belo lançamento, e Magno Alves, que recebeu na ponta, tirou Fábio Braz e soltou o pé: 1 a 0. Após o gol tricolor, o jogo perdeu em emoção. O America, mesmo com a necessidade de pelo menos um empate, pouco ameaçava. Nos acréscimos, Vander invadiu a área do Flu, mas chutou por cima.
Por 
Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário