2 de dezembro de 2015

‘Mãe, você vai deixar meu pai aqui?’, lamenta filho de PM morto no Jacarezinho

O policial militar Rodrigo Ribeiro Pinto, de 34 anos, morto durante confronto com criminosos na noite de segunda-feira, no Jacarezinho, foi sepultado  na tarde de terça-feira sob forte emoção de cerca de 100 amigos e familiares no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste.
Ao deixar o local, o filho do PM perguntou, chorando: ‘Mãe, você vai deixar meu pai aqui?’. Ela tentou consolar a criança: “Ele está descansando, meu filho”. O soldado estava na corporação desde 2013, era casado e tinha dois filhos.

O PM Rodrigo Ribeiro Pinto era casado e deixou dois filhos
Foto: João Laet / Agência O Dia






Muito emocionado, o pai de Rodrigo, Gilberto Pinto, 67, lembrou o período vivido pelo filho no Haiti, quando participou da missão de paz do Exército. “Rodrigo sempre sonhou ser policial. Perguntei a ele se valia a pena. Ele disse que sim, pois queria ajudar as pessoas e acabou morrendo. Tenho orgulho dele. É uma guerra sem fim”, lamentou.
O comandante-geral da PM, coronel Alberto Pinheiro Neto, acompanhou o enterro, mas preferiu não se pronunciar ‘em respeito à família’. Segundo a corporação, 20 policiais foram mortos em serviço em 2015; destes, dez são de UPP.

Por DIEGO VALDEVINO

O DIA


Nenhum comentário:

Postar um comentário