3 de abril de 2015

Neste fim de semana, começam as semifinais do Estadual, com Ceará e Fortaleza como favoritos, mas prevendo dificuldades contra Guarani de Juazeiro e Icasa, que sonham em quebrar a hegemonia da dupla da Capital

Image-1-Artigo-1827830-1
Vovô não perdeu nas duas vezes que pegou o Guarani
FOTO: KLEBER A. GONÇALVES
Image-0-Artigo-1827830-1
Leão enfrentou o Icasa; ganhou um jogo por 1 a 0 e perdeu outro por 2 a 0
FOTO: KIKO SILVA
Image-0-Artigo-1827886-1
Treinador Vladimir de Jesus viu três vídeos de jogos do Fortaleza e estudou bastante o adversário para sair em vantagem
FOTO: LUCAS DE MENEZES
Image-0-Artigo-1827990-1
Técnico Washington Luís chega à semifinal com o time apresentando alguns problemas, mas espírito de luta poderá ser o diferencial
FOTO: LUCAS DE MENEZES
Ficaram para trás duas fases classificatórias e seis equipes pelo caminho. Sonhando com o título do Campeonato Cearense 2015, apenas duas equipes da Capital, os favoritos Ceará e Fortaleza, e dois bravos interioranos, Icasa e Guarani, ambos de Juazeiro do Norte, agora em fase de mata-mata.
O quarteto inicia neste fim de semana a disputa das semifinais, com Guarani de Juazeiro x Ceará, amanhã, às 18h30, no Romeirão, e no domingo, Icasa x Fortaleza, às 16 horas, também no mesmo estádio e finalizando nos dias 18 e 19, com mandos de Vovô e Leão no Castelão, respectivamente.
Pela melhor campanha geral, Ceará, com 29 pontos, e Fortaleza, com 28, jogarão com a vantagem de dois resultados iguais para decidirem o certame e de quebra, garantirem vaga nas Copas do Nordeste e do Brasil.
Portanto, para o Verdão, que somou 26 pontos e o Leão do Mercado, que fez 14, será necessário vencerem pelo menos um dos jogos com os 'grandes'para chegarem na decisão.
Mesmo com toda vantagem de resultados iguais e definir em casa, os dois favoritos pregam respeito aos tradicionais adversários de Juazeiro do Norte, que se sobressairam aos demais.
"O Guarani deu muito trabalho ao Ceará em dois jogos da 1ª Fase e chega motivado pela vaga na Série D. Não comandei a equipe nas duas ocasiões, mas sei que é um adversário que merece respeito por ter chegado até aqui e ficou só treinando para este jogo, enquanto a gente jogava por Copa do Brasil e Nordeste. É um título que o Ceará almeja muito, um pentacampeonato, sonhado pela diretoria", declarou o técnico Silas Pereira.
O técnico do Leão, Marcelo Chamusca elogia o Icasa: "É uma forte equipe, prova é que está nas semifinais. Ele está apenas nos aguardando. Tem um lado bom e outro ruim. O bom é porque o time parado perde um pouco do ritmo de jogo. O ruim é que eles vão nos pegar fatigados, mas vamos à luta".
Icasa ofensivo, desde o início
A promessa é do técnico Vladimir de Jesus: futebol ofensivo para cima do Fortaleza, desde o início do jogo, utilizando um sistema tático ousado, o antigo 4-3-3. Serão três volantes e três homens de frente.
"Esperamos fazer um grande jogo. Aqui, enquanto não jogávamos e apenas treinávamos, tivemos a oportunidade de ver três vídeos de jogos do Fortaleza. Sabemos como ele joga para tentar anular seus pontos fortes. E a melhor defesa é o ataque. Vamos para cima", anunciou Vladimir, após o treino tático de ontem, realizado no CT Praxedão.
Mas o Verdão não irá com sua força máxima. O volante Rodrigo Vítor, titular do Icasa, não poderá enfrentar o Fortaleza, nesse primeiro jogo da semifinal do Campeonato Cearense. O atleta está punido com o terceiro cartão amarelo. Em seu lugar, entrará Da Silva, que se juntará a Lima e Diego Paulista. Os três da frente são Núbio Flávio, Robert e Diego Ceará. A diretoria colocou 10 mil ingressos à venda.
Guarani tem quatro no DM
Adversário do Ceará amanhã, no Estádio Romeirão, o Guarani de Juazeiro não está com seu time 100% para esse jogo decisivo. O técnico Washington Luís está com as mãos na cabeça, esperando a resposta do Departamento Médico, onde quatro jogadores titulares tentam se recuperar a tempo de enfrentar o Vovô.
Estão em tratamento, o volante Tourum, o lateral Pedro Júnior, o meia Gleidson e o apoiador Zé Augusto. Tourum e Zé Augusto estavam com dores no joelho, enquanto que Gleidson e Pedro Júnior estão com desconforto muscular na coxa.
"Vamos tentar recuperar esses jogadores e procurar jogar com equilíbrio. O Ceará é o favorito contra qualquer equipe do futebol cearense, exceção quando joga o clássico contra o Fortaleza, e com a gente não é diferente. Vamos tentar compensar no espírito de luta e na vontade de superá-los", disse o técnico Washington Luís. Os dirigentes venderam ingressos a R$ 15,00 antecipados, para encher o estádio.
Vladimir Marques/ Ivan Bezerra
Repórteres
Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário