18 de março de 2015

Barrar o rival x avançar: com distintas motivações, Fortaleza e Ceará duelam

Ceará e Fortaleza fizeram o clássico de abertura da Copa do Nordeste pelo Grupo D. Naquele 4 de fevereiro, eram duas equipes em formatação e brigando pela afirmação principalmente no Campeonato Cearense. Resultado: empate em 1 a 1. Nesta quarta-feira (17), na Arena Castelão, pela sexta e última rodada da primeira fase, Leão e Vovô travam uma disputa particular: a equipe de Marcelo Chamusca já está garantida nas quartas de final da competição, enquanto a de Silas Pereira necessita de um empate para avançar. Com motivações distintas, Fortaleza e Ceará se enfrentam às 22 horas. Nos três jogos deste ano, o equilíbrio: uma vitória para cada lado e um empate.
Mandante nesta noite, o Fortaleza soma 11 pontos e, de forma antecipada, conseguiu a classificação em um grupo que era visto como o "da morte", por ter também Ceará e Botafogo-PB. Até esta rodada, o Leão soma três vitórias, dois empates e nenhuma derrota na competição. Chamusca assumiu o lugar de Nedo Xavier e, segundo o meia Samuel, está "sempre exigindo o máximo de cada um" nos treinos. Foi com a chegada dele que o Fortaleza venceu o último Clássico-Rei por 2 a 1, de virada, pelo estadual. Agora, o elenco só não está completo porque o lateral e volante Auremir está suspenso. Um novo triunfo do time do Pici elimina as chances de o rival chegar às quartas de final. O Leão vem de goleada por 5 a 0 sobre o Maranguape pela penúltima rodada da segunda fase do estadual, que praticamente o garantiu nas semifinais.
Para o Ceará, a classificação antecipada veio no estadual. A equipe de Silas Pereira ostenta a liderança isolada do Grupo B2, com dez pontos, enquanto Guarani de Juazeiro, vice, tem apenas quatro pontos. A expectativa do Vovô é não dar adeus precoce ao Nordestão e, com empate nesta quarta-feira, não depende de outros resultados para se classificar às quartas como um dos melhores segundos colocados. Se vencer, será líder com 12 pontos. Se perder, torce por uma de três combinações de resultados: empate entre América-RN x Serrano, empate entre Sport x Sampaio Corrêa ou vitória somente por um gol do Coruripe; e empate entre CRB x Globo ou Campinense x Bahia. O atacante Marinho, que deve agarrar definitivamente a titularidade nesta Clássico, garante que apenas a vitória é o pensamento do elenco, para não correrem nenhum risco de ausência nas quartas de final. O certo é que o meia Ricardinho retorna e deve mandar Marcos Aurélio para o banco de reservas do Vovô. 
Léo Simão apita o Clássico-Rei no Castelão. Nailton Oliveira e Renan Aguiar serão os assistentes desta noite. 
HEADER escalacoes 690 (Foto: Infoesporte)
Fortaleza: sem o suspenso Auremir, Marcelo Chamusca deve mandar o time a campo da seguinte forma: Deola; Tinga, Genílson, Adalberto e Bruno; Pio, Corrêa, Samuel, Maranhão e Éverton; Lúcio Maranhão. 
Ceará: com o retorno de Ricardinho, Silas deve escalar o Vovô nesta quarta com: Luís Carlos; Samuel Xavier, Sandro (Gilvan), Charles e Fernandinho; Sandro Manoel, Uillian Correia, Marinho e Ricardinho; Assisinho e Magno Alves. 
header quem está fora (Foto: Editoria de Arte/Globoesporte.com)
Fortaleza: o volante Auremir cumpre suspensão, e o atacante Romarinho ainda está no departamento médico do Tricolor do Pici. Daniel Sobralense também se recupera no DM do Tricolor.
Ceará: o Vovô não tem desfalques para este duelo. 
Por Fortaleza, CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário