28 de fevereiro de 2015

O Fortaleza faz na noite deste sábado (28), o segundo Clássico Rei do ano. Leão enfrenta o maior rival, a partir das 18 horas, na Arena Castelão, com um único pensamento que é a vitória, pra decolar de vez no Estadual.

O Fortaleza faz na noite deste sábado (28), o segundo Clássico Rei do ano. Leão enfrenta o maior rival, a partir das 18 horas, na Arena Castelão, com um único pensamento que é a vitória, pra decolar de vez no Estadual. (Arte: Maciel Júnior)
No primeiro encontro, válido pela Copa do Nordeste, houve empate, resultado até certo ponto injusto para o Tricolor de Aço, que foi o dono das ações, mas como cada jogo tem sua história, em clássicos essa máxima soa ainda mais forte e verdadeira. 

Equipe comandada por Nedo Xavier tem sofrido com a maratona de jogos imposta pelo calendário do nosso futebol, principalmente com os problemas musculares que tem tirado de campo jogadores importantes como Lúcio Maranhão, Cassio, Romarinho, dentre outros. 

Porém na hora de se encarar um Clássico Rei tudo é deixado de lado, e o clima no Pici é de otimismo com relação a um resultado positivo, mesmo se sabendo do poderio existente do lado oposto. “É um jogo diferente, que mexe muito com o emocional da torcida, dos jogadores, mas temos que ter equilíbrio e inteligência pra decidir na hora certa e acertar nos detalhes, que acabam decidindo o jogo”, afirma o volante Vinícius Hess, autor do gol leonino no clássico anterior. 

Com o alto nível de desgaste do grupo principal, Nedo Xavier não oficializou a formação que começa jogando. “Não tem como definir agora. Tenho uma formação na minha cabeça, mas ainda dependo de uma série de situações, pois preciso ver quem está em melhores condições. Só depois dessa avaliação dos preparadores e fisiologistas é que vou definir”, explicou o técnico do Leão. 

Uma coisa é certa, a Maior Torcida do Estado vai estar lá na Arena, lado a lado com o Tricolor de Aço, que passo a passo vai chegando, e precisa mais do que nunca de uma vitória no clássico de hoje, resultado que daria certa folga em termos de classificação para as semifinais do Campeonato Cearense. 

Os ingressos seguem disponíveis nas bilheterias do Pici e nos pontos credenciados. Os bilhetes para o setor Superior custam R$ 30,00 (trinta reais), Setor Inferior – R$ 40,00 (quarenta reais); Setor Especial – R$ 50,00 (cinquenta reais) e o Setor Premium – R$ 100,00 (cem reais), com meia entrada para todos o setores. 

Como o mando de campo é do Leão, os sócios torcedores do Tricolor de Aço tem acesso garantido, dentro das condições de seu plano. Lembrando que os setores Especial e Premium nesse jogo são exclusivos para a Maior Torcida do Estado. 

Fortaleza X Ceará terá a arbitragem de César Magalhães, com assistencias de Samuel Oliveira e Renan Aguiar. O quarto árbitro será Edson Galvão. 

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO FORTALEZA
Jornalistas: Nodge Nogueira e Raissa Feijó
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário