9 de dezembro de 2016

Matheus é o novo goleiro do Fortaleza


Goleiro de 24 anos estava na Ponte Preta e é mais um contratado para a temporada de 2017
O Fortaleza contratou no início da noite desta sexta-feira (09) o goleiro Matheus, de 24 anos, que estava na Ponte Preta-SP. O goleiro foi revelado pelo Campinas e teve passagens destacas por Grêmio Barueri e Bragantino. Na Ponte ganhou o apelido de Matheus "Banks" por uma grande atuação contra o Palmeiras. 

FICHA TÉCNICA 
Nome: Matheus Francisco Inacio 
Data de Nascimento: 27 de Abril de 1992 (24 anos) 
Local de Nascimento: Mairinque, São Paulo 
Pé: Destro 
Altura: 1,91 m 
Peso: 81 kg 
Clubes anteriores: Campinas-SP (2011), Grêmio Barueri-SP (2012-2014), Bragantino-SP (2014) e Ponte Preta-SP (2015-2016) 


WALDEMAR LEMOS É O NOVO TÉCNICO DO RIVER DO PIAUI

O River Atlético Clube anunciou oficialmente na manhã desta segunda-feira (28/11) o nome de Waldemar Lemos para o comando do time na temporada de 2017.
sem-titulo-1Com 62 anos, Waldemar tem experiência em diversos clubes do Brasil e inclusive como treinador das categorias de base da seleção brasileira com títulos nos Campeonatos Sul-Americanos Sub-17 e Sub-20.
O diretor de futebol Roberth Ibiapina confirmou a contratação e diz que é o ponta pé inicial para o que o clube planeja para 2017: “Acertamos com Waldemar Lemos para ser o nosso treinador. É um profissional que conhece a realidade da nossa região, que vai saber montar um time competitivo dentro das nossas possibilidades”, afirmou Roberth.
Recentemente, o treinador foi vice-campeão goiano com o Anápolis, levando o time à Série D do Campeonato Brasileiro pela primeira vez e também treinou o Clube do Remo, onde ficou na quarta colocação no Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro.
Riverac.com

Primeira Liga divulga grupos da competição com 16 clubes confirmados

Primeira Liga para sua segunda edição (Foto: Divulgação)
Primeira Liga para sua segunda edição (Foto: Divulgação)
A primeira competição de 2017 teve seu grupos definidos. No início da tarde desta sexta-feira (09), a Primeira Liga foi confirmada com 16 clubes e quatro chaves na primeira fase. Dando sequência para as quartas de final, semifinal e final.
Os clubes confirmados são: Flamengo, Fluminense, Cruzeiro, Atlético-MG, América-MG, Grêmio, Internacional, Avaí, Figueirense, Criciúma, Chapecoense, Joinville, Ceará, Brasil de Pelotas, Paraná e Londrina.
Os confrontos da primeira fase serão realizados entre os clubes do mesmo grupo, classificando os dois primeiros para as quartas de final, que serão decididas em uma parte, com mando de campo do líder da chave anterior, com adversário sendo definido em sorteio.
O troféu da Primeira Liga ganhou o nome de Delfim de Pádua Peixoto Filho, ex-presidente da Chapecoense, que faleceu na tragédia com o voo da equipe para a Colômbia.
Confira os grupos da Copa da Primeira Liga 2017:
1 – Grupo A: Fluminense(RJ), Internacional(RS), Brasil de Pelotas(RS) e Criciúma(SC)
2 – Grupo B: Flamengo(RJ), Grêmio(RS), Ceará(CE) e América(RN)
3 – Grupo C:  Atlético Mineiro(MG), Cruzeiro(MG), Chapecoense(SC) e Joinville(SC)
4 – Grupo D: Avaí(SC), Figueirense(SC), Paraná(PR) e Londrina(PR)
Esporteinterativo.com

Ceará participará da Copa da Primeira Liga 2017

(Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)











O Ceará Sporting Club disputará a Copa da Primeira Liga 2017. A notícia foi divulgada em nota oficial no site da entidade, após reunião realizada na tarde desta terça-feira, 06/12. A edição contará com 16 clubes. De acordo com a direção de competições, os grupos e o calendário de jogos serão divulgados nos próximos dias. 

“Iremos participar de uma competição importante, de nível nacional e com grandes times do futebol brasileiro. O Nordeste se insere na Primeira Liga representado pelo Ceará. Iremos honrar isso, buscando apresentar um bom futebol, justificando o convite que foi feito. Teremos jogos no Castelão com grande público e, dentro de campo, queremos desempenhar um grande futebol”, disse o Presidente Robinson de Castro.

Cearasc.com

Heitor é o novo zagueiro do Fortaleza


tleta estava no futebol de Israel e tem 27 anos de idade
O Fortaleza confirmou na noite desta quinta-feira (08) a contratação do zagueiro Heitor, 27 anos. O atleta estava no Kiryat Shmona da Primeira Divisão de Israel. Revelado pelo Villa Nova de Minas Gerais, o jogador teve passagem destacada no Tombense-MG, onde foi campeão da Série D em 2014. Heitor é esperado na apresentação da equipe no próximo dia 14. 

FICHA TÉCNICA 
Nome: Heitor de Araújo Pereira 
Data de Nascimento: 9 de Novembro de 1989 (27 anos) 
Local de Nascimento: Cláudio-MG 
Pé: Destro 
Altura: 1,90 m 
Peso: 78 kg 
Clubes anteriores: Villa Nova-MG (2010-2013), América-MG (2014), Tombense-MG (2014-2015), XV de Piracicaba-SP (2016), Tupi-MG (2016) e Kiryat Shmona-ISR (2016) 
Títulos: Campeonato Mineiro do Interior de 2013 (Villa Nova-MG) e Campeonato Brasileiro - Série D de 2014 (Tombense-MG) 

Rodrigo Andrade renova vínculo com o Fortaleza para a próxima temporada

O meia jogou oito partidas e marcou dois gols nessa temporada renova para 2017
O Fortaleza oficializou na tarde desta sexta-feira (09) a renovação do meia Rodrigo Andrade para a temporada 2017. O jogador chegou no fim de Julho ao Pici, advindo da Chapecoense-SC. No Leão atuou em oito partidas e marcou dois gols. Rodrigo Andrade é a primeira renovação oficial do Tricolor de Aço para o próximo ano. 

FICHA TÉCNICA 
Nome: Rodrigo Andrade da Silva 
Data de Nascimento: 5 de Fevereiro de 1988 (28 anos) 
Local de Nascimento: Rio de Janeiro-RJ 
Pé: Destro 
Altura: 1,77 m 
Peso: 73 kg 




Prognóstico da Funceme para 2017 somente em janeiro


Análises das temperaturas do Atlântico terão mais relevância diante da tendência de neutralidade no Pacífico

Próximo ao dia 15 de janeiro, em data ainda a ser definida, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) vai concluir e divulgar o primeiro prognóstico climático oficial para a quadra chuvosa de2017 no Ceará. O documento apresentará as probabilidades de cada uma das três categorias (abaixo, em torno e acima da média histórica) referentes ao acumulado de precipitações nos meses de fevereiro, março e abril. 

A seca prolongada desde 2012 acentua a ansiedade e a expectativa da sociedade a em relação ao prognóstico, pois as reservas hídricas estão em níveis críticos e vários setores da economia cearense já sofrem consequências da escassez de água. Porém, os meteorologistas da Funceme ressaltam que uma forte tendência de neutralidade nas temperaturas do Oceano Pacífico Equatorial (nem El Niño, nem La Niña) durante a quadra chuvosa de 2017 não permite antecipar a previsão climática para o Ceará. 

A indefinição no Pacífico aumenta a relevância da análise das diferenças de temperaturas entre o norte e o sul do Oceano Atlântico Tropical. Se a parte sul estiver mais aquecida, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) tende a se posicionar também ao sul da Linha do Equador, atuando de forma mais favorável às chuvas no Ceará.  

E essa análise, explicam os meteorologistas, deve ser feita bem próximo ao início do período chuvoso, dando mais confiabilidade à previsão, já que as condições de temperatura no Atlântico mudam mais rápido que no Pacífico. Considerando a possibilidade de mudanças no Atlântico, a Funceme deverá divulgar um segundo prognóstico em fevereiro, este referente ao acumulado de precipitações nos meses de março, abril e maio.

La Niña 

O Oceano Pacífico Equatorial apresenta hoje anomalia de resfriamento, o que configura o fenômeno La Niña. Entretanto, a intensidade dessa anomalia, entre 0,5°C e 1°C, é considerada fraca. Além disso, as agências internacionais que monitoram as temperaturas do Pacífico preveem que o fenômeno deve desaparecer em fevereiro. “Se tivéssemos uma previsão de persistência dessa La Niña até maio, teríamos um indicativo bom para as chuvas no Ceará, mas as previsões mostram a neutralidade como tendência mais forte. Isso não é bom como uma La Niña, mas também não é ruim como um El Niño. É um cenário neutro”, explica o meteorologista Raul Fritz.

Pré-estação

A pré-estação chuvosa no Ceará, período compreendido entre os meses de dezembro e janeiro, é quando acontecem os primeiros registros de precipitações mais intensas no Estado. As chuvas de pré-estação são causadas normalmente pela atuação e posicionamento favorável dos Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis (VCAN). Esses sistemas meteorológicos são difíceis de prever em longo prazo (previsão climática com meses de antecedência) e por isso a Funceme orienta aos usuários que acompanhem diariamente a Previsão do Tempo (curto prazo) no site www.funceme.br onde é possível antecipar a atuação dos Vórtices Ciclônicos em até 72 horas.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Funceme
8 de dezembro de 2016

Chapecoense atualiza seu escudo e coloca duas estrelas de homenagem

Novo escudo da Chapecoense após a tragédia| Divulgação
Novo escudo da Chapecoense após a tragédia | Crédito: Divulgação
A Chapecoense agora tem um novo escudo para as próximas temporadas. O escudo ganha duas estrelas, uma de destaque em cima, na cor branca, e uma dentro do logo, onde fica a letra F.

A estrela na parte de cima do logo, é uma menção à conquista da Copa Sul-americana de 2016. A estrela vem em branco em sinal de paz, representando os campeões do time, que morreram no acidente aéreo que o clube sofreu. A luz branco também simboliza a luz que guiará o time adiante.

Já a segunda estrela, mais sutil, fica dentro da letra F. A estrela se refere ao futebol, como forma de eternizar todos aqueles que dedicavam suas vidas à Chapecoense.

De 1997 a 2015, o clube tinha estrelas na parte de cima do logo, representando os títulos catarinenses da equipe. Eram duas estrelas de 1997 a 2007, três de 2008 a 2011 e quatro de 2012 até 2015.

Veja a nota oficial divulgada pelo clube

"Devido à uma fatalidade, entramos para a história. Isso é indiscutível e imutável. Indiscutível, também, é que mesmo cientes de que iniciamos, agora, um novo momento, manteremos a essência. Seguiremos escrevendo a história que vinha sendo traçada, com tanto carinho. Mas não sem eternizaremos - na memória, coração e escudo - o legado de afeto, solidariedade e união. Mais do que isso, o amor e comprometimento que todos os que partiram tinham para com a Chapecoense.
Partindo disso, propomos a reformulação do nosso escudo. Uma forma de eternizar no peito a lembrança de tudo o que foi despertado nesse momento de adversidade. Detalhes singelos foram acrescentados à nossa marca:
A primeira estrela faz menção à conquista da Copa Sul-Americana 2016. Ela é branca em sinal de paz. A paz encontrada pelos nossos Eternos Campeões. Além disso, a cor branca simboliza a luz que nos guiará adiante.
Já a segunda estrela no interior da letra F - que refere ao futebol - é a forma sutil, mas impactante, de eternizar os que dedicavam suas vidas à Chapecoense."
Com informçãoes da Revista PLACAR

Vagner Mancini é o novo técnico da Chapecoense

A Chapecoense já tem um novo treinador. Trata-se de Vagner Mancini. Será ele o responsável pela montagem do elenco visando à temporada de 2017.
"É o nome. Ele está aqui chegou na cidade e vamos acertar um contrato. Ele está honrado de trabalhar com a gente e fazer o clube ressurgir das cinzas", afirmou ao UOL Esporte Plínio David De Nês Filho, o Maninho, presidente do Conselho Deliberativo do clube.
A expectativa é que a equipe de Santa Catarina faça uma coletiva ainda nesta sexta-feira (9) para apresentar o comandante. 
O último clube de Mancini foi o Vitória-BA, do qual foi demitido após derrota para o Flamengo por 2 a 1 no dia 10 de setembro no Barradão. Na equipe de Salvador, foram 76 partidas: 33 triunfos, 19 empates e 24 derrotas, o que significa um aproveitamento de 51,75%.
Nesta semana, Levir Culpi havia se colocado à disposição para treinar a Chapecoense de forma gratuita até o fim do Campeonato Catarinense, em maio. Porém, não houve acerto com a diretoria.
Na próxima temporada, a Chapecoense terá um calendário extenso. Além do Estadual, o clube disputará a Primeira Liga, o Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores, Recopa Sul-Americana, Copa Suruga e o Troféu Joan Gamper.
Com informções do UOL

7 de dezembro de 2016

Hemerson Maria será o treinador do Fortaleza em 2017

Resultado de imagem para hemerson maria no fortaleza
O técnico comandou o Leão em três partidas nessa temporada, com uma vitória e dois empates

O treinador Hemerson Maria continuará no comando do Fortaleza em 2017. O comandante assumiu o Leão na reta final da Série C e esteve a frente do clube em partidas, vencendo uma e empatando as outras duas. Hemerson já trabalhou no Joinville com o atual Executivo de Futebol do clube, César Sampaio, onde foram campeões da Série B de 2014. O técnico será apresentado na tarde desta quarta-feira (07), na Sala de Imprensa Carlos Rolim Filho, às 17 horas. 

FICHA TÉCNICA 
Nome Completo: Hemerson José Maria 
Data de Nascimento: 4 de Maio de 1972 (44 anos) 
Clubes anteriores: Guarani de Palhoça-SC/Categorias de Base (2001), Guarani de Palhoça-SC (2001), Figueirense-SC/Categorias de Base (2001-2010), Avaí-SC/Categorias de Base (2011-2012), Avaí-SC (2012), Red Bull Brasil-SP (2013), CRAC-GO (2013), Avaí-SC (2013), Joinville-SC (2014-2016) 
Títulos: Campeonato Catarinense de 2012 (Avaí-SC), Campeonato Brasileiro - Série B de 2014 e Campeonato Catarinense de 2015 (Joinville-SC) 





6 de dezembro de 2016

Ceará anuncia reforços e apresenta Gilmar Dal Pozzo: "Muito motivado"

Ceará, apresentação, Gilmar Dal Pozzo (Foto: Juscelino Filho)Ceará apresenta o técnico Gilmar Dal Pozzo (Foto: Juscelino Filho)
O Ceará apresentou na tarde desta terça-feira (6) o treinador para a temporada de 2017: Gilmar Dal Pozzo. E também anunciou três reforços para o próximo ano: os zagueiros Rafael Pereira, ex-Náutico, e Luiz Otávio, ex-Sampaio Corrêa, e o lateral Éverton Silva, ex-Joinville. Dal Pozzo declarou que estar motivado para assumir o comando do Alvinegro e quer o título estadual e o acesso à Série A do Brasileiro. 
- Quando o presidente (do Ceará) me ligou, não demorou um dia para o acerto. Estou muito motivado. Vamos conquistar os objetivos. O Ceará vai estar sempre lutando para conquistas. Primeiro objetivo é da conquista do estadual. Na sequência, objetivo principal do clube é acesso à primeira divisão. E pela estrutura, receptividade da diretoria, nos vamos conseguir esses objetivos - afirma. 
Ele adiantou que está em contato com os atletas que ficaram, de forma individual, e que vai acompanhar toda essa definição de elenco. A tendência é que o grupo tenha cerca de 30 atletas e de que 30% deles sejam remanescentes no clube. 
- Não temos ideia fechada em relação a números. Entre 26 e 32 atletas acho que é o bom número. Mas não vamos trabalhar com números fechados. 
Confira a ficha técnica dos três reforços do Vozão para a temporada 2017
Rafael Pereira dos Santos

Posição: Zagueiro
Nascimento: 18/11/1984 (32 anos)
Naturalidade: Rio do Sul/SC
Altura: 1.83
Peso: 78 kg
Clubes: Chapecoense/SC, Metropolitano/RS, Juventus/SC, São Carlos/SP, Botafogo/RJ, Granz Metan (Romênia), Juventude/SC, Sport/PE, Criciúma/SC, Náutico/PE e Ceará/CE. 

Luiz Otávio Anacleto Leandro
Posição: Zagueiro
Nascimento: 14/09/1988 (28 anos)
Naturalidade: Carmo/RJ
Altura: 1.90 
Peso: 84 kg
Clubes: Angra dos Reis/RJ, Madureira/RJ, Macaé/RJ, Icasa/CE, Linense/SP, Sampaio Corrêa/MA e Ceará/CE.

Éverton José Modesto da Silva
Posição: Lateral-direito
Nascimento: 04/08/1988 (28 anos)
Naturalidade: São João do Meriti/RJ
Altura: 1.71
Peso: 68 kg
Clubes: Guanabara/RJ, Friburguense/RJ, Angra dos Reis/RJ, Flamengo/RJ, Ponte Preta/SP, Boavista/RJ, Duque de Caxias/RJ, Atlético/GO, ABC/RN, CRB/AL, Chapecoense/SC, Paysandu/PA, Red Bull Brasil/SP, Avaí/SC, Joinville/SC e Ceará/CE. 

Por Fortaleza, CE

De olho no Magnata, Vovô mantém 12 atletas do elenco de 2016

O atacante Magno Alves está, de fato, na mira do Ceará. O jogador, que não fica no Fluminense para a temporada 2017, chega em Fortaleza nesta quarta-feira (7), e deve conversar com o presidente Robinson de Castro para tentar um acerto.
- Nós temos interesse no Magno, sim. Mas eu preciso conversar e explicar que não podemos pagar dentro da realidade do Fluminense. Nessa crise em que estamos, nós temos que fazer tudo muito bem planejado. Então, vamos ter uma conversa com ele.
Magno Alves, Ceará x Vila Nova (Foto: Carlos Costa / Agência Estado)Magno Alves, Ceará x Vila Nova (Foto: Carlos Costa / Agência Estado)
O mandatário alvinegro disse que, depois do aviso do empresário, ele mesmo ligou para o jogador e fez um contato prévio.
Mas antes de acertar com o Magnata, o Vovô já tratou de permanecer com parte do elenco de 2016. São 12 jogadores que vão continuar para o próximo ano. Entre eles, o meia Felipe Menezes e o atacante Rafael Costa, que terá só um ajuste no seu contrato.
E, para além disso, a diretoria já trabalha para anunciar em breve. São laterais, zagueiros, volantes e atacantes. Alguns, apalavrados e prontos para serem anunciados em breve.
- Podem ser que eu anuncie até amanhã (nesta terça-feira). A gente está trabalhando para fechar os últimos detalhes dos contratos. Estou esperando também documento de alguns jogadores - finalizou Robinson de Castro.
O Ceará só volta a campo em janeiro de 2017, quando estreia no Campeonato Cearense, contra o Tiradentes.
Veja quem fica e que posições precisam de jogadores:
Goleiros: Éverson, Lauro e Diego

Laterais direitos: Tiago Cametá + outro acertado, mas não anunciado
Laterais esquerdos: um acertado, mas não anunciado + um em negociação
Zagueiros: Valdo, Sandro + dois zagueiros contratados, com anúncios previstos em breve
Volantes: João Marcos, Richardson, Raul + até três novos atletas em negociação
Meias: Ricardinho, Felipe Menezes + dois meias ainda em conversa
Atacantes: Rafael Costa (fechando novo contrato) + Lelê negociando permanência + Magno Alves, que conversará com o clube para voltar + outros dois jogadores ainda indefinidos.

Por 
Fortaleza, CE

Jorge Mota confirma acerto com Jael e diz que anunciará treinador até quarta

Jael Joinville (Foto: João Lucas Cardoso/JEC)Jael está perto de assinar com Leão para o ataque (Foto: João Lucas Cardoso/JEC)
Jorge Mota, presidente reeleito, garante que quer anunciar o treinador do Fortaleza para 2017 até esta quarta-feira (7) e, em entrevista ao GloboEsporte.com/ce, descartou o nome de Leonardo Vitorino para assumir o time. O dirigente confirma o acerto com o atacante Jael, que atua pelo Joinville, e declarou que falta apenas um detalhe para a assinatura de contrato com o jogador para a temporada 2017. 
- Anuncio o treinador e contratações até quarta. Amanhã (terça), farei uma reunião para definir a diretoria, o remanejamento. O Jael está acertado e está faltando somente resolver uma situação que surgiu do empresário. Já temos um nome caso não dê certo ele. Mas ele (Jael) está querendo jogar no Fortaleza. Só falta esse detalhe - explica.
Jorge Mota afirma que, para a próxima gestão, quer investir na profissionalização do clube, quer o acesso à Série B do Brasileiro, além de consolidar a marca e os produtos do clube. Escutar a opinião e se aproximar dos sócios torcedores, melhorar o centro de treinamento do Fortaleza e avançar fortemente nas categorias de base do clube são metas a longo prazo do dirigente do Fortaleza para os próximos anos no Pici. 
Por Fortaleza, CE

Chapecoense define perfil de novo técnico e dá recado a nomes consagrados

  • Ivan Tozzo era vice da Chape e herdou a vaga de Pallaoro, que faleceu
    Ivan Tozzo era vice da Chape e herdou a vaga de Pallaoro, que faleceu
A Chapecoense deu o seu primeiro passo para começar a pensar em 2017. Na última segunda-feira (5), a diretoria da equipe fez uma reunião e estipulou algumas metas a serem seguidas.
Ainda é difícil falar em acordo com qualquer nome para os cargos, mas a decisão da diretoria foi de ao menos traçar um rumo para a próxima temporada, especialmente com a confirmação de que a equipe disputará a Libertadores.

Dentro de campo

Apesar da onda de jogadores consagrados e famosos se oferecendo, a Chapecoense não pretende usar o momento para receber nomes como Ronaldinho Gaúcho. A decisão da diretoria é de só conversar com jogadores que são considerados comprometidos com um projeto.
A ideia é seguir a mesma linha do projeto de Sandro Pallaoro: formar um time com atletas que compram o projeto e que se sintam em casa.
Também por isso, os diretores não se preocupam com um aspecto psicológico de atletas entrarem em uma equipe devastada pela tragédia.
"Eu acredito que o jogador que tenha um comprometimento com a equipe, como sempre a gente conduziu, é o que procuramos. Ao chegar em nossa casa, eles sentirão filhos da casa. E como filhos terão toda uma história triste vivida, porém, a qualidade das nossas pessoas que trabalham aqui, como psicólogos", explicou o presidente do Conselho Deliberativo, Plínio David, o Maninho.
"Queremos jogadores que de fato estejam comprometidos. Além disso, temos uma boa categoria de base, que chega sempre nas cabeças. Então não é só de estrelas que precisamos", complementou o presidente Ivan Tozzo.

No banco de reservas

Maninho também afirmou que já tem um perfil a seguir para contratar o substituto de Caio Júnior. "Que tenha títulos brasileiros, experiência internacional e que conheça a casa".
A descrição levantou algumas possibilidades, entre elas a de Levir Culpi, como disse a Rádio Chapecó. A diretoria, no entanto, afirma que ainda não há nenhum nome definido.
Para a preparação física, conselheiros e torcedores levantaram a possibilidade de Paulo Paixão, antigo funcionário da seleção brasileira, assumir o cargo. Ele é pai de Anderson Paixão, morto no acidente. Paulo, no entanto, tratou de negar a possibilidade.
"Em momento algum eu me reportei a nenhum diretor da Chapecoense ou a outra pessoa qualquer sobre esta possibilidade. Mesmo sabendo que a nossa vida e a do clube continuam, eu não iria – até porque não tenho condições psicológicas para tratar esse tipo de assunto", disse Paulo Paixão.

No comando do futebol

Nivaldo, que é goleiro da equipe há 10 anos, deve trabalhar no departamento de futebol - a tendência é que assuma o cargo de gerente de futebol, que era ocupado pelo também ex-jogador Cadu Gaúcho. Além disso, a diretoria trabalha com a chance de contratar um novo CEO, especialmente nesta fase de recuperação da equipe.
Outro nome cotado para a área é o de João Carlos Maringá, ex-jogador do time na década de 1990, conquistando inclusive título catarinense do time em 1996. Em 2010, Maringá assumiu como vice-presidente de futebol do clube, afastando-se em 2014 para fazer cursos de especialização. Seu último trabalho no futebol foi como superintendente de futebol do Joinville, do qual saiu em maio de 2016. Era amigo pessoal do presidente Sandro Pallaoro.
Na entrevista, Maninho confirmou a chance de efetivar o goleiro como dirigente. Entretanto, completou dizendo que todos outros nomes não passam de mera especulação.

Na diretoria

Inicialmente prevista para o dia 14 de dezembro, a eleição da nova diretoria da Chapecoense deve ser adiada. O Conselho precisará definir quem serão os substitutos dos candidatos que acabaram mortos no acidente.
A certeza é que Ivan Tozzo, presidente em exercício, deverá seguir com o cargo após o novo pleito. Ele deve encabeçar a chapa e herdará de maneira oficial o cargo que era de Sandro Pallaoro.
Com informações do UOL

5 de dezembro de 2016

Reforma da Previdência chega ao Congresso nesta terça, anuncia Temer


michel temer ebcO presidente Michel Temer anunciou nesta segunda-feira (5) que a reforma da Previdência será enviada ao Congresso Nacional nesta terça-feira (6). O presidente classificou o tema como "espinhoso" e disse que governo lidará com ele com "moderação, equilíbrio, serenidade e paciência".
Temer argumentou que a reforma é a única forma de garantir a continuidade da Previdência. "Sempre fizemos pequenas reformas. Eu mesmo fui relator de uma reforma previdenciária. Chega de pequenas reformas. Ou enfrentamos de frente o problema ou vamos condenar aqueles que vierem depois de nós a baterem nas portas do poder público e nada receberem", disse.
Interlocutores do Palácio do Planalto chegaram a afirmar que a proposta seria enviada ainda em setembro, antes das eleições municipais. A impopularidade do tema, no entanto, gerou sucessivos adiamentos. O argumento foi sempre o de que o governo federal discutiria pontos da proposta com setores da sociedade. O texto, contudo, será enviado logo após reuniões com líderes do Congresso e centrais sindicais. A discussão ficará para o Legislativo.
"Quem vai debater e dar a palavra final é o Congresso Nacional. O Congresso vai debater amplamente essa matéria", disse.
Logo no início do anúncio, Michel Temer fez um elogio ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. "Meirelles e os demais vêm promovendo ajuste fiscal e econômico muito adequado às necessidade do pais. Tudo é feito de maneira gradual e responsável", afirmou.
Diante do tema impopular, Temer destacou que precisa contar com o Congresso Nacional e com o apoio da opinião pública. O presidente disse que a reforma é "quase uma consequência" da PEC do Teto de gastos públicos.
"Manter a previdência brasileira exige uma reforma, sob pena de colocar em risco o recebimento de aposentadorias, pensões e demais benefícios previdenciários", disse.
Temer afirmou que as despesas com Previdência estão em torno de 8% e que, em 2060, pode chegar a 18%. "Esse índice inviabiliza a Previdência", disse.
Depois de dizer que alguns países tiveram até que reduzir valores de aposentadorias e salário vigentes, Temer garantiu que a proposta não afetará quem já tem direito ao benefício da Previdência. "Nada muda para aqueles que já recebem benefício e que aqueles que já adquiram direito"
O presidente afirmou que haverá regras de transição para quem tem mais de 50 anos.

Militares e Bombeiros

O governo do presidente Michel Temer decidiu deixar de fora da proposta de reforma da Previdência os policiais militares e os bombeiros. Para o Palácio do Planalto, esse é um assunto dos governadores, já que a aposentadoria desses profissionais é paga pelos Estados.
A ideia é que os Estados viabilizem, no Congresso Nacional, uma emenda para incluir os policiais militares e os bombeiros na proposta que vai alterar as regras de acesso à aposentadoria e de cálculo do benefício.
Temer se reúne na tarde desta segunda-feira (5) com lideranças do Congresso Nacional e representantes de centrais sindicais. A expectativa é que a proposta seja enviada ao Legislativo nesta terça (6).
Folhapress

Idade mínima proposta pelo governo em reforma da Previdência será de 65 anos

A proposta de Reforma da Previdência apresentada hoje (5) pelo governo estipula uma idade mínima de aposentadoria aos 65 anos para homens e mulheres. Atualmente, não há uma idade mínima para os trabalhadores se aposentarem. Eles podem pedir a aposentadoria com 30 anos de contribuição, no caso das mulheres, e 35 anos no dos homens. Para receber o benefício integral, é preciso atingir a fórmula 85 (mulheres) e 95 (homens), que é a soma da idade e o tempo de contribuição.

O presidente e a equipe econômica do governo conduzem neste momento uma reunião com os líderes da base aliada na Câmara e no Senado para apresentar o texto da reforma. A proposta será encaminhado ao Congresso Nacional amanhã (6).

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, pediu que os parlamentares façam o debate com os críticos à proposta durante a tramitação no Congresso. “Cito como curiosidade o primeiro regime previdenciário brasileiro em 1934 tinha idade mínima de 65 anos, que é a idade que está sendo proposta agora”, afirmou Padilha, ao abrir a reunião com os parlamentares.

O ministro admitiu que o assunto é "árido” mas disse que as mudanças precisam ser feitas. O conteúdo da proposta ainda não foi divulgado pelo Palácio do Planalto. Ainda hoje as centrais sindicais vão se reunir com Padilha para discutir o assunto. A expectativa é de que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o secretário da Previdência, Marcelo Caetano, convoquem uma entrevista coletiva para detalhar as medidas.

Em discurso aos senadores e deputados, Michel Temer reconheceu também que o assunto é “espinhoso” e que é preciso “equilíbrio, serenidade e transparência” na tramitação do projeto. Temer lembrou que, como a reforma será encaminhada por meio de proposta de emenda à Constituição, não caberá a ele sancionar ou vetar a medida, já que após as aprovações no Congresso as mudanças serão promulgadas. Ele acrescentou ainda que "É lá [no Parlamento] que vários setores e as centrais sindicais irão se dirigir para postulações", acrescentou.

Agência Brasil